Portal da Transparência

Deputados

Benefícios

Diferentemente de outros parlamentos estaduais, os deputados fluminenses não recebem uma série de benefícios, como auxílio-educação, verba de gabinete, jeton por sessão extraordinária, auxílio-paletó e nem têm aposentadoria especial. Também não têm plano de saúde ou auxílio-doença. Os parlamentares que residem a mais de 150 km da capital têm direito ao auxílio-moradia, no valor bruto de R$ 3.189,85.

Em novembro de 2016, em meio à calamidade financeira do Rio, foram tomadas outras medidas: extinção da cota de mil selos/mês por gabinete; fim de solenidades fora do horário de expediente e proibição de a Alerj pagar por buffets. A Casa também decidiu que não vai mais renovar a frota de carros oficiais: a partir de dezembro de 2018, a Alerj será a primeira assembleia do Brasil cujos deputados não terão mais direito a carro oficial. Os cortes vão gerar economia de R$ 30 milhões/ano. Mais do que economia, trata-se de um gesto de austeridade que a Alerj acredita que deveria ser estendida aos outros Poderes.

Auxílio-moradia
R$ 3.189,85/mês só para quem mora a mais de 150 Km de distância da capital
Carro oficial
Um por deputado — fim da frota prevista para dezembro de 2018
Cota de combustível
R$ 1.250/mês

Veja abaixo a lista de deputados que recebem auxílio-moradia:

AUXILIO MORADIA